Relembrando I Love Lucy

Quem não gosta de uma boa série de TV? E, nesses tempos de pandemia, nada melhor que ligar a televisão e desfrutar de algo assim.

Bendita seja a BBC (British Broadcasting Corporation), a grande corporação britânica de radiodifusão, que criou a primeira sitcom televisiva sob título Pinwright’s Progress, com apenas dez episódios, entre os anos 1946 e 1947. Tudo começou a partir desse momento… o surgimento das séries de TV!

E depois, muitas outras foram criadas e exibidas, principalmente nos Estados Unidos. E assim, voltamos no tempo e encontramos uma bem famosa, I Love Lucy, inclusive eu mesma vi e acompanhei alguns episódios. Protagonizada pela inesquecível Lucille Ball (1911-1989), o programa estreou na CBS (Columbia Broadcasting System) do período de 15 de outubro de 1951 a 6 de maio de 1957, com 194 episódios.

No Brasil, através da TV Tupi, a sitcom foi exibida de 1958 a 1979, o que inspirou Alô, Doçura!, sua versão nacional e a primeira série de TV brasileira.

Da década de 1950 até o presente século, I Love Lucy esteve presente em milhões de lares, provocando boas risadas e o prazer de estar diante da TV.

Outras Emissoras que exibiram I Love Lucy

  • 1980 – TV Gazeta e TV Bandeirantes
  • 1990 – Varig (exibida aos passageiros em rotas nacionais)
  • 1993-2000 – TV Cultura
  • 1997 – Multishow
  • 2005-2006 – TCM e Rede 21
  • 2011 – Lançamento do DVD pela Paramount
  • 2015 – SBT.

Prêmios Emmy

  • 1952: Melhor Programa de Comédia (indicado)
  • 1952: Melhor Comediante Feminina – Lucille Ball (indicada)
  • 1953: Melhor Programa de Comédia (vencedor)
  • 1953: Melhor Comediante Feminina – Lucille Ball (vencedora)
  • 1953: Melhor Personalidade – Lucille Ball (indicada)
  • 1954: Melhor Programa de Comédia (vencedor)
  • 1954: Melhor Estrela Feminina em uma Série Regular – Lucille Ball (indicada)
  • 1954: Melhor Ator Coadjuvante de Seriado – William Frawley (indicado)
  • 1954: Melhor Atriz Coadjuvante de Seriado – Vivian Vance (vencedora)
  • 1955: Melhor Programa de Comédia (indicado)
  • 1955: Melhor Estrela Feminina em uma Série Regular – Lucille Ball (indicada)
  • 1955: Melhor Ator Coadjuvante numa Série Regular – William Frawley (indicado)
  • 1955: Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Regular – Vivian Vance (indicada)
  • 1955: Melhor Roteiro de Comédia – Madelyn Davis, Jess Oppenheimer e Robert G. Carroll
  • 1956: Melhor Comediante Feminina – Lucille Ball (indicada)
  • 1956: Melhor Atriz de Performance Contínua – Lucille Ball (vencedora)
  • 1956: Melhor Ator Coadjuvante – William Frawley (indicado)
  • 1956: Melhor Roteiro – Bob Carroll Jr., Madelyn Davis, Jess Oppenheimer, Bob Schiller e Bob Weiskopf pelo episódio “L.A. At Last” (indicados)
  • 1957: Melhor Atriz de Performance Contínua – Lucille Ball (indicada)
  • 1957: Melhor Atriz Coadjuvante numa Série Regular – Vivian Vance (indicada)
  • 1958: Melhor Atriz de Performance Contínua – Lucille Ball (indicada)
  • 1958: Melhor Atriz Coadjuvante de Performance Contínua num Seriado Dramático ou Cômico – Vivian Vance (indicada)

Fontes de Pesquisa – Dados Técnicos

  • Vahimagi, Tise. British Television: An Illustrated Guide. Oxford University Press / British Film Institute, 1994. ISBN 0-19-818336-4.
  • Mark Lewisohn, “Radio Times Guide to TV Comedy”, BBC Worldwide Ltd, 2003
  • Wikipedia
  • Nilson Xavier. «Alô, Doçura! (Tupi)». Teledramaturgia. Acesso em: 11/06/2020.

 

Deixe uma resposta

Next Post

Cinemas de Los Angeles não conseguem liberação para reabrir

sáb jun 13 , 2020
Autoridades de Los Angeles disseram nesta quarta-feira que a produção de TV e filmes pode ser retomada na sexta-feira, mas as salas de cinema no maior mercado dos Estados Unidos terão que permanecer fechadas por causa da pandemia do coronavírus. Autoridades estaduais da Califórnia afirmaram no início desta semana que […]
%d blogueiros gostam disto: